Roger Augusto, 40 anos, português nascido na Covilhã, com experiência vasta no futsal, começando pelo Benfica em 2003 - vice-campeão europeu - como treinador-adjunto, primeiro técnico a levar uma equipa fora do espaço continental à I Divisão - com o Operário dos Açores -, com passagens por Espanha, República Checa, Inglaterra e França, é o novo treinador principal do Marítimo". "Estava na hora de voltar a Portugal", refere apontando questões "familiares" a que se juntou "o projeto do Marítimo".

Notando que não gosta "de fazer promessas", Roger não fala "em luta pela subida de divisão - há tantos candidatos!", antes prefere apontar "subir mais um degrau na afirmação do Marítimo no futsal português", sabendo-se que na época ora finda a manutenção na II Divisão só foi alcançada na última jornada. "Temos que ter os pés bem assentes no chão, sabendo que com trabalho tudo é possível", acrescenta o técnico que terá o primeiro contacto com o plantel a 20 de agosto, quando começarem os treinos da nova temporada, embora admita conhecer "a parte nuclear da equipa" para o que contribuiu o visionamento de alguns jogos e as informações do coordenador Filipe Costa.

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração