Dráusio Gil foi o convidado desta 2ª feira do ‘Marítimo na TSF’, um programa conduzido por Élvio Faria.
O ‘central’ brasileiro falou de tudo um pouco. Sobre o belo golo marcado, disse: “Foi um lance bonito e feliz. A bola sobrou para o Ricardo (Valente) que desviou a bola de cabeça, e na hora que eu vi a bola voltando pensei logo em rematar para o golo, rápido, e foi o único recurso que tinha no momento. Quando eu bati na bola, pensei logo: Ou vai ser um golaço, ou vai sair para fora do estádio.”
Mais à frente, e perspetivando o jogo desta quarta-feira, frente ao Cova da Piedade (16h) para a Taça de Portugal, Dráusio antevê dificuldades: “Vai ser um jogo complicado. Como podemos comprovar, em jogos que tivemos contra equipas teoricamente inferiores a nós, tivemos problemas sérios porque elas vêm como sendo a oportunidade da sua vida, e querem fazer destes jogos uma maneira também de poder crescer e evoluir. Hoje já não existem jogos fáceis, pois muitas delas já possuem jogadores de qualidade e com boa qualidade de jogo. Portanto eu encaro este jogo como sendo um jogo duro, muito difícil. Temos de estar atentos e buscar a vitória.”
Amigo do ex-maritimista Igor Rossi, Dráusio sente-se bem na Madeira, onde em breve nascerá o seu primeiro filho. “A Madeira é um lugar fantástico! Ontem comentava isso com a minha esposa. Um lugar fantástico, onde estamos muito felizes.” E aos microfones da TSF veio a revelação: “O pai e os avós da minha esposa viveram cá na ilha. Eles voltaram para o Brasil, mas ainda têm família a residir na ilha. Alguns primos distantes que já tivemos oportunidade de conhecer (...)É como se fosse uma segunda casa para ela e por isso ela está muito bem. E quando a minha esposa se sente bem, automaticamente fico feliz também.”

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração