Duas grandes penalidades, uma para cada lado, fizeram o empate registado, este domingo, entre o Marítimo B e o União da Madeira, em partida da 17.ª Jornada da Série B do Campeonato de Portugal.  

Após uma primeira parte dominada, quase na totalidade, pela formação verde-rubra, o União acabou por chegar à vantagem por Miguel Fidalgo, na conversão de um pontapé do castigo máximo, já nos pozinhos finais dos primeiros 45 minutos. \

A formação orientada por Ludgero Castro sentiu o golo, consentido em cima do intervalo, e demorou a encontrar o antídoto para contrariar a maior experiência azul e amarela.  

Com o passar dos minutos e as mexidas operadas a partir do banco, o Marítimo B começou a acreditar que seria possível recuperar a desvantagem, o que aconteceu aos 85 minutos numa grande penalidade cobrada por Johnson Owusu.  

Os três pontos podiam mesmo ter ficado em Santo António, mas, após um cruzamento da direita, o avançado verde-rubro tirou tinta ao poste e viu esfumar a derradeira oportunidade da partida.  

Com este resultado a equipa B verde-rubra aumenta para seis o número de jogos sem conhecer o amargo sabor da derrota e estacionou na 12.ª posição com 22 pontos, fruto de cinco vitórias, sete empates e sete derrotas.  

Na próxima ronda o Marítimo B volta a jogar na condição de visitado frente ao Pedras Rubras, atual  17.º classificado da geral.  

ASM

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração