A Assembleia Geral do Club Sport Marítimo da Madeira, reunida na noite desta sexta-feira, entre a aprovação dos dois pontos de ordem - vide noutro texto -. aprovam mais distinções para elementos verde-rubros.

Neste sentido, foram escolhidos para 'Leões de Ouro' as seguintes personalidades: Luís Miguel Sousa, José Berardo, Jorge Sá e Carlos Pereira. Quatro elementos que fizeram parte da apelidada 'Comissão de Salvamento de 1997'.
Já são novos 'Leões de Prata': João Alexandre Silva (ex-administrador da SAD, fundamental para o desbloqueio de financiamento bancário no ano de 1997), Ewerton Machado (ex-guarda-redes da década de 90, com 321 jogos), José António Silva 'Zeca' (jogador da década de 90, com 476 jogos, capitão da equipa) e Manuel Eugénio Abreu (funcionário exemplar do setor de contabilidade, desde 1994).
Como novos Sócios de Mérito, temos: José dos Milagres de Sousa (massagista dos escalões de formação há mais de três décadas), Manuel da Côrte de Andrade (mecânico da secção de hóquei em patins), Celestino Freitas (pintou a primeira carrinha do Marítimo, prestando elevados serviços ao clube durante vários anos), Lina Maria Gomes (sócia dedicada, ostenta nas vestes que usa o emblema verde-rubro), José Carlos Gaspar (Delegado do CSM no Jardim da Serra), Luís Joaquim Gonçalves (Delegado do CSM no Estreito da Calheta, a delegação que maior número de sócios angariou em 2017) e Isidro Gomes (Delegado do CSM no Estreito de Câmara de Lobos).
A título póstumo, são 'Sócios de Mérito': António Alves Tremura (jogador das décadas de 40/50 com 341 jogos), José de Abreu 'Checa' (jogador das décadas de 40/50 com 556 jogos) e Raúl Alves Tremura (jogador das décadas de 40/50 com 478 jogos).
Como parceiro, foi distinguida a Empresa de Cervejas da Madeira (ECM).

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração