Diogo ‘Abusa’ Abrantes, depois de ter recebido do presidente Carlos Pereira o ceptro em disputa, o título mundial, e de intensamente saudado pelos seus colegas e pelos adeptos, com especial ênfase para os Fanatics, respirou fundo e confessou: “Ainda não sei como descrever este mundo único!”. “Parece que estou em Marte…”, juntou antes de, e após uma pequena pausa, ´puxar o filme atrás’ e analisar que foi “mais inteligente” que o adversário “para conseguir a vitória” dedicada “a todos os apoiantes, ao Marítimo, aos adeptos e à minha mãe”.
Com um golpe na cabeça, tal como o italiano Marinotti, ‘Abusa’, alardeando boa disposição, deu conta de "uma ida ao hospital" até porque a viagem para a Tailândia "é já a seguir".

Parabéns, campeão!

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração