Como forma de assinalar os 600 anos da descoberta da ilha da Madeira, o atleta do C. S. Marítimo, Frederico Rezende, vai realizar, no mês de junho, em mota de água, a “Travessia Açores-Madeira”, de 540 milhas, com duração prevista de 48h.

Depois de ter apresentado a prova na Madeira, Frederico Rezende, em conferência de imprensa, esteve esta sexta-feira em Ponta Delgada reafirmando que o objetivo desta aventura é aproximar as duas regiões. “Aproveitar para estreitar os laços entre as regiões, comemorar os 600 anos e, também, para apelar a um tema que tem sido frequentemente falado que é Portugal é mar”, afirmou. O piloto verde-rubro reconheceu que “os recursos do mar estão praticamente inexploráveis, a não ser nas pescas e é, também, uma oportunidade para chamar a atenção para o usufruto do mar”.

“O próximo evento a fazer, será, aqui, nos Açores, extremamente dessa forma, sairmos das ilhas do Corvo e das Flores, irmos para a ilhas do grupo central e, depois, virmos, aqui, a São Miguel e a Santa Maria”, anunciou, ainda, Frederico Rezende, cuja travessia Aºçores-Madeira irá realizar em junho próximo.

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração